''VELEJADOR''

.

Diz o relato da criação que Deus formou o homem do barro, soprou em suas narinas, e ele se tornou uma ALMA vivente. E os homens feitos a imagem e semelhança do Altíssimo podem igualmente criar e fazer muita coisa;
mas quando fazemos um barco….Ah ! Um barco é diferente. Escolhemos um nome para batiza-lo, (antes que me escape a etimologia) ; batismo significa literalmente mergulho. Sim, um barco é batizado como todo bom cristão, e não ganha um nome qualquer, tem que ter um significado, seu nome pode até ser feminino mas o artigo será sempre masculino, como O Amélia, O Flor de Liz … Talvez esta identidade de gênero seja definida pelo mastro hasteado. Este apêndice maravilhoso apontado para as estrelas qual símbolo fálico, atestando-lhe a virilidade. E quando recebe o divino sopro da primeira rajada de vento, inexplicavelmente adquire ALMA, pois logo descobrimos que ele tem vontades próprias. Passamos a partir de então a trata-lo como um ser vivo, ele reclamará sua mesada a qual deve ser prioridade dentro do nosso orçamento apertado. Mas esta relação não será estéril, ele nos deixará grávidos de sonhos e aventuras e nos fará enxergar um universo paralelo além desta realidade.
Não seremos um Dom Quixote a desafiar insanamente moinhos; mas iremos içar velas ao vento qual bandeiras brancas agitadas como um sinal de trégua em tempos de guerra. Haveremos de brindar a vida despojados das cargas desnecessárias, quando percebermos que já não há mais tempo nem espaço para as inutilidades.

Autor: Beto Martins

.

DOE AQUI
Acesse Clicando na Imagem e Inscreva-se no Canal

''ALMA E ESPIRITO''

.

A Alma se angustia e se acalma
O Espírito é plácido e sereno
A Alma é a identidade terrena do DNA do Ser Humano
O Espírito é a verdadeira identidade do Ser Eterno.
É atemporal, e não espacial.
É energia desmaterializada na vastidão dos infinitos mundos
Quando a alma encontra-se perdida e desorientada,
o Espírito observa o seu movimento
Pois para o Espírito não existe perdição ou desorientação
Apenas a opção do Ser
E para cada ação, há reação
Ser bom ou ruim, certo ou errado é irrelevante
É apenas um movimento e como todo movimento….a física explica?..
Não importa o quantum.
Passivo e sereno o Espírito resplandece na quietude cósmica
Aguardando o momento do novo caminhar, até que a vida vos una, num único ser Pois não existe morte e nem separação.
A vida é eterna e somos todos um só na presença do Creador
em seu pleno exercício da Creação.

Autor: Celio Martins

.

''FELICIDADE''

.

A felicidade é um estado de espírito, certo?
Certo??
Hum, não sei não.
A felicidade não pode ser um estado, pois ela é perene.
Ela já existe antes de você existir
Ela está lá. Você não a vê? Não a sente?
Bem, não a culpe pela sua ignorância de sentimentos,
visão tacanha e muitas vezes deturpada do seu próprio ser.
Ela está lá sim, sempre esteve e sempre estará.
Felicidade é estar de bem ou de mal com a vida.
Contrassenso?
É encarar a tristeza e aceitá-la, mas apenas no momento.
Pois felicidade é aceitar seus sentimentos, pensamentos e muitas vezes externá-los.
Não os repreenda, apenas aceite-os.
Felicidade é constatar que és um ser imperfeito e mesmo assim agradecer a Deus
Felicidade não se compra, não se busca, não se conquista, não se acha.
Pois não está fora, distante, inalcançável.
Felicidade está e sempre estará dentro de você.Destrave seu coração, tire as amarras.
Sinta suas batidas, sinta o pulsar da vida em seu peito.
Quer algo mais maravilhoso que sua vida?
Então sinta a energia vital que percorre todo seu corpo, e deixe a alegria aflorar, deixe-a inflar em seu peito sinta sua força eletrizante.
Pois, a alegria sim, é o estado de espírito que edifica e sedimenta o caminho para o teu interior e abre as portas com suavidade e leveza para a Felicidade.

Autor: Celio Martins

.

''A VOZ DA ALMA''

.
Há um mistério que em nós se esconde,
Que procura a paz e a calma
Não sei de onde vem,
Mas parece uma voz da alma.

Em meio a  correria
Somos tragados por um mar agitado
No desespero procuramos por boias
Com a mente em pânico e o coração apertado,

O coração é como um mar tranquilo
Que um forte vento  pode  agitar,
Quando isso acontece
A voz da alma diz, mergulhe!
Lá no fundo, o silêncio e a paz
Estão a te chamar.

 
Autor: Fernando Martins
.

ICASAA INSTITUTO CASA CULTURAL DE APOIO AO ARTISTA

ESPAÇO CULTURAL - ​RECANTO DO POETA